SECAGEM DE BIOMASSA COM REUSO TÉRMICO

– secadores verticais de alto desempenho térmico e pequena área para instalação pois sendo vertical e de leito tangencial reduz as peças móveis dos tradicionais secadores rotativos que utilizam uma vasta área para sua instalação e com maiores valores de investimento.

– equipamentos automatizados resultando na umidade requerida na biomassa de saída do secador, conforme necessário.

– com capacidades de secagem de 1.000 a 12.000 quilogramas por hora, sendo moduláveis para maiores produções. Dependendo esta capacidade efetiva da umidade de entrada e de saída requerida, e do tipo de biomassa, podendo ser calculada com precisão a partir dos dados iniciais. Seca chip, cavaco, cascas de árvores, podas e casca de arroz entre outras biomassas.

 

Vista externa do container com o sistema de secagem

– sistema conteinerizado de rápida instalação, carga e descarga, contendo todo o sistema de secagem e controle de emissões atmosféricas de particulados.

– investimentos minimizados por sua concepção tecnológica e pela recuperação de energia do próprio sistema térmico, sem uso de combustível novo para realizar a secagem. Podendo ainda utilizar nossas tecnologias de Gaseificação para gerar gás combustível de outros resíduos, gerando uma receita nova na cobrança pelo tratamento de resíduos.

– ganhos expressivos em utilizar biomassa seca em caldeiras, pois o vapor de água gerado na combustão interfere na troca térmica na caldeira e na redução de temperatura da combustão.

– no caso de caldeiras o calor residual de combustão pode efetuar a secagem da biomassa.

– ainda, em certos sistemas já instalados de estocagem ou de dosagem de cavaco de madeira ou outras biomassas, podem ser geradas alterações e utilizar estes sistemas instalados para efetuar a secagem parcial da biomassa, reduzindo em muito sua umidade.